terça-feira, 27 de junho de 2017

OLHARES


Encontrava-se, então, no Rossio.
A Feira do Livro realizou-se pela primeira vez em 1930, era Salazar ministro das Finanças.
Em 1940 foi para os Restauradores mas  em 1957 regressou ao Rossio.
Mais tarde subiu para a Avenida da Liberdade junto ao Cinema Tivoli.
Em 1996 entenderam fazê-la na Praça do Comércio e na Rua Augusta.
Não sei qual foi a ideia. Quem a teve também não deve saber. Ou então concretizou-a pessimamente.
Em 1980 passou a realizar-se no Parque Eduardo VII que considero o perfeito cenário.
Mesmo que em cada ano que passe, as pernas se queixem com evidente amargura.
Mas… quem corre por gosto não cansa, dizia a minha avó.

A imagem, pertencente ao arquivo do Diário de Notícias, refere a Feira do Livro de 1932.

Sem comentários: